2 comentários sobre “Roteiros de Trabalho

  1. Bianca-82
    Formação do Brasil:
    1- Encarregado de negociar o casamento e assinar os papéis em nome de D. Pedro, o então embaixador português, marquês de Marialva, protagonizou em Viena um dos espetáculos mais grandiosos e caros que a capital do então Império Austro-Húngaro já havia presenciado. A descrição é do historiador Malerba: “No dia 17 de fevereiro de 1817, Marialva entrava em Viena com um cortejo formado por 41 carruagens puxadas por seis cavalos, acompanhadas por criados de ambos os lados, vestidos com ricas librés. A entourage compunha-se de 77 pessoas, entre pajens, criados e oficiais, a pé e montados. Seguiam-se os coches da casa imperial, la deados por seus lacaios e aparados pelos homens de serviço, logo atrás. Fechavam o cortejo as carruagens dos embaixadores da Inglaterra, França e Espanha. No dia 1º de junho houve um baile para 2000 pessoas em salões especialmente construídos nos jardins do Augarten de Viena. Estavam presentes a família imperial austríaca, o corpo diplomático e toda a nobreza. A dança começou às oito horas. Às onze, foi servida a ceia, de quarenta talheres. O imperador e a família foram servidos em baixela de ouro. Os demais convidados, em baixela de prata. Custo: 1 milhão de florins ou 1,5 milhão de francos”. Atualizado pela inflação dos últimos duzentos anos, seria hoje o equivalente a cerca de 18 milhões de reais.É um número espantoso: aproximadamente 9000 reais por pessoa. Além de patrocinar a festa de arromba, Marialva levou para
    distribuir como presentes na corte austríaca 167 diamantes, no valor total de 6873 libras esterlinas, dezessete barras de ouro, no valor de 1100 libras, além de condecorações cravejadas de pedras preciosas e muitas jóias avaliadas em 5800 libras. O príncipe de Metternich, responsável pela assinatura do tratado e encarregado oficial da entrega da noiva ao embaixador, recebeu um total de 3600 libras esterlinas em presentes,incluindo um medalhão e uma caixa com efígie e retrato de D. João VI e a Grã-Cruz de Cristo com placa incrustada com diamantes. O padre celebrante da cerimônia de casamento recebeu uma cruz peitoral de pedras preciosas no valorde 1200 libras.

    2-A princesa Leopoldina chegou ao Rio de Janeiro no dia 5 de novembro de 1817. Ao descer do navio, teve uma atitude inusitada: ajoelhou-se diante da sogra, a rainha Carlota Joaquina, abraçou a pelos pés e beijou-lhe as mãos. Em seguida, dirigiu-se ao rei e repetiu os mesmos gestos. Depois, abraçou e beijou os cunhados —os príncipes e princesas irmãos de D. Pedro. O primeiro encontro se resumiu a essa troca de cumprimentos e gentilezas. Depois disso, a princesa voltou para o navio que a tinha trazido da Europa ela permaneceu até as duas horas da tarde do dia seguinte, quando, aí sim, ocorreu o desembarque oficial.

    3-Para a coroação de D. João VI, os pintores, escultores e arquitetos da Missão Francesa se esmeraram ainda mais nos preparativos.No dia da coroação, o rei D. João VI usava um manto de veludo escarlate coberto com fios de ouro. A cerimônia foi seguida pelos vivas da multidão concentrada em frente ao Paço Real, pelas salvas de canhões e pelo repique ininterrupto dos sinos das igrejas.

    4- Porque ele assegurou a integridade territorial e deu início à classe dirigente que se responsabilizaria pela construção do novo país.“Com ele começou a descolonização efetiva”, afirmou o escritor crítico literário paranaense Wilson Martins. “Não só pelo ato de elevar o Brasil a reino, mas também, e sobretudo, por lhe dar desde logo e em breve espaço de tempo as estruturas de uma nação propriamente dita.

    5-Sim.

    6-Aos poucos, os militares foram se colocando contra a Monarquia, aproximando-os daqueles que já levantavam a bandeira da República. A abolição da escravidão, em 1888, foi o golpe de misericórdia. Os grandes fazendeiros, extremamentedependentes da mão-de-obra escrava, ressentiram-se contra a Monarquia. Esta, por sua vez, isolava-se cada vez mais ao perder, uma a uma, suas forças de sustentação fossem civis ou militares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *