Portfólio

Mediação Pedagógica e Tecnologias Educacionais

O curso de pós graduação teve início em Setembro de 2018 e surgiu em parceria com a Associação Paulista Sul, com o objetivo de capacitar os professores da rede, e acima de tudo, complementar as aulas com a utilização me metodologias ativas.

No dia 02/08/2018 o curso ofereceu uma palestra (MESA REDONDA) com o intuito de discutir as metodologias ativas, além de abordar os desafios dessa nova geração. Os ouvintes, sem dúvidas, saiu dessa programação cheio de ideias, e p´reocupado com o futuro em sala de aula. Uma frase enigmática nesse evento foi a seguinte:

– Os aluno terão sempre o Youtube com aulas excepcionais, mas eles nunca terão um ombro amigo para desabafar, e mostrar suas dúvidas e angústia.

Por mais que a internet vem tomando conta de todos os meios de ensino, um professor jamais será substituído de uma sala de aula.

Os dias 16 e 30 de Setembro, foram discutidas as culturas digitais e educação. Temas como o ensino de uma geração, inovação em sala de aula, foram discutidos. O que mais me chamou a atenção nessas aulas, foram as ferramentas GRATUITAS disponíveis para os professores usarem em sala de aula. Entre as várias discutidas, destaco o KAHOOT, que sem dúvidas, para mim, é uma excelente ferramenta para Retomada de conteúdo.

Por muito anos pensava em um aplicativo para solicitar tarefas para os alunos e conseguir ter essa comunicação de forma rápida e organizada. Foi então que conheci um APP chamado de GOOGLE CLASSROM, ferramento que utilizo muito em sala de aula hoje com meus alunos e uma excelente ferramenta de comunicação e atividades.

O início do curso foi avassalador, acredito que essa seria a expressão correta. Muitas novidades, que deixavam os professores sonharem alto com um universo diferente. Essa disciplina foi lecionada a o dia 29/10/2018.

No dia 28/10/2018 iniciou-se uma disciplina intitulada Novas Tecnologias e o papel docente. Essa disciplina foi bem diferente das outras que estávamos acostumado a ter. Todo andamento da aula foi em um espaço tradicional e toda a aula foi ministrada de forma expositiva. Ali, foram discutidos as gerações do passado e as de hoje. Os desafios dessa geração, o que atrai um aluno hoje em dia. Particularmente, tive pouco aproveitamento nessa disciplina.

No dia 18/11/2019 iniciou-se a disciplina Processo de Ensino e Aprendizagem e a Internet. Essa aula foi ministrada no laboratório de informática e a professora indagou muito os alunos a fazerem plano de aula utilizando inúmeras ferramentas pedagógicas. Nessa disciplina, grupos foram formados a ponto a escolher uma ferramenta ON LINE e discutir sobre o projeto elaborado.

A disciplina que mais me chamou a atenção, e exigiu muito do meu potencial, foi a METODOLOGIAS ATIVAS.   Ela teve inicio no dia 02/12/2019. Dessa disciplina, destaco o uso dos mapas conceituais, que sem dúvidas, é um excelente instrumento de avaliação,l resumo, didático e etc. O professor nos apresentou a ferramenta CMAP TOOLS, que induz obrigatoriamente o aluno a faz um mapa conceitual. Nessa disciplina, tivemos que elaborar um projeto, aplica-lo e escrever como artigo científico. Achei o máximo e me empenhei muito para realizar essa atividade, como recompensa dos meus esforços, recebi um convite de publicação do meu trabalho pelo professor regente da disciplina. Hoje, meu tema de Trabalho de Conclusão de Curso será com Mapas Conceituais, estamos elaborando uma publicação juntos; então,. sem dúvidas, essa disciplina brilhou para mim.

A disciplina de Aprendizagem Baseada em Jogos Digitais, não me cativou muito. Usamos jogos prontos, entretanto, não me identifiquei com a disciplina, não encontrei ferramentas adequadas para ter um bom aproveitamento em sala de aula. Penso da seguinte forma, se for para tirar os alunos da sala de aula para tentar uma atividade diferenciada, precisam sair com o intuito de aprendizagem, justamente por não conseguir bolar um planejamento que me daria esse retorno, não tive o interesse grande pela disciplina.

A disciplina de Projetos Pedagógicos em Ambientes Digitais foi bem diferente, pois com o conhecimento e utilização das ferramentas aprendidas no curso e usadas em sala de aula, todo o projeto pedagógico ganhava brilho.  Parra essa disciplina a professora indagou bem os alunos, fazendo pensar em todas as possibilidades da atualidade e tentar construir um projeto interdisciplinar.

Parra a construção desse projeto, tivemos autores defendendo um modelo “correto”. Após essa aula percebi que não existe um modelo correto para elaboração de um projeto, mas sim, vários modelos corretos e completos, o professor precisa avaliar e adaptar para suas necessidades.

Na minha opinião, as disciplinas com menor aproveitamento vieram a partir dessa data. No dia 31/03/2019 iniciou a disciplina de Recursos e Estratégicas Pedagógicas em AVA. Em sala de aula, conseguimos ver o tanto de ferramentas disponíveis em um ambiente virtual, tivemos o objetivo de responder se aquela ferramenta era adequada ou não para se trabalhar, se atendia ou não as necessidades de ensino. Por fim, apenas avaliamos e não colocamos nada em prática. Como a professora não dominava bem o recurso ensinado, não deu para aperfeiçoar a técnica, ela até propôs um trabalho voltado para esse fim, entretanto, eu não tinha acesso a essas ferramentas, o que logicamente, não me permitiu fazer a atividade.

A disciplina de Tecnologias e inovação na sala de aula, para mim, foi a menos aproveitada. Acredito que essas disciplinas devem ser ensinadas de forma dinâmica, a professora trouxe muitas referencias teóricas, entretanto, nos apresentou uma ferramenta, que na minha opinião, para minha disciplina é irrelevante.

no dia 02/06/2019 a disciplina de Projetos Pedagógicos com TIC teve início, e ali, a professora nos fez refletir em tudo o que aprendemos no curso, e propôs a elaboração de um projeto, afim de escrever o projeto de conclusão do curso.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *