6º ANO: CORREÇÃO DAS ATIVIDADES DO CAPÍTULO 2

PÁGINA 22

  1. Podemos identificar na imagem a presença de animais. O significado das pinturas rupestres não é totalmente entendido pelos pesquisadores, mas mesmo assim é possível conhecer aspectos do cotidiano de populações do passado por meio delas. Por exemplo, muitas imagens em pinturas rupestres mostram cenas de caça ou atividades coletivas, como dança e tiros.
  2. Os arqueólogos possuem técnicas de pesquisa que permitem analisar a história das sociedades a partir de sua cultura material. Esta se refere aos objetos e materiais diversos produzidos por um povo. Essa análise se aplica não apenas aos povos antigos, mas também à compreensão das sociedades contemporâneas.

PÁGINA 26

3. Ambos defendem o relato bíblico da criação. No entanto, os fixistas acreditam que as características dos seres vivos foram fixas, ou seja, não houve nenhuma mudança desde quando foram criados. Os criacionistas modernos, por sua vez, aceitam que ocorreram mudanças limitadas nos seres vivos ao longo do tempo. Isso significa que podem ser observadas algumas transformações biológicas (microvariações).

4. Esta é uma resposta pessoal. Você deve aqui citar aspectos que você considerou mais importantes no que se refere ao criacionismo.

 

PÁGINA 28

5. Assim como na atividade 4, você deve destacar três pontos que te chamaram a atenção sobre o evolucionismo.

6. SEQUÊNCIA CORRETA: F, V, V, F, F, V, F.

 

PÁGINAS 30

7. De acordo com muitos estudiosos, nesse período ocorreu uma revolução em virtude do desenvolvimento da agricultura, o que possibilitou a sedentarização. Isso ocorreu geralmente próximo a grandes rios e colaborou para o aumento populacional, talvez em mais de vinte vezes. Foi um período também de grande desenvolvimento nas formas de trabalho. A rapidez dessas transformações justifica o uso do termo revolução

8. D

 

PÁGINA 32.

Baseando-se nos textos da página 31, podemos responder:

a) TEXTO 1: O autor defende o criacionismo, argumentando que a ciência tem verificado cada vez mais planejamento na natureza. Além disso, ele diz que as pessoas estão habituadas a aceitar tudo o que recebem dos meios de comunicação sem questionar. Isso se deve ao fato de a mídia, de modo geral, defender  evolução.

TEXTO 2: O autor defende o evolucionismo, argumento que os seres humanos são também animais. Além disso, ele defende que uma das evidências da evolução é a semelhança entre os seres vivos, que teriam ancestrais comuns.

b) Quem somos? Filhos de Deus.

De onde viemos? Fomos criados por Deus, portanto, temos uma origem divina.

Para onde vamos? Assim como a História humana teve um começo, terá também um fim, que aponta para a eternidade.

c) A mídia aponta o modelo da evolução como inquestionável, e nega-se qualquer ideia criacionista. Por isso, é importante conhecer o criacionismo, par que se conheçam os limites do modelo evolucionista. O próprio texto traz algumas evidências em favor do criacionismo: “1) o ajuste fino do universo (teleologia); 2) a existência de estruturas irredutivelmente complexas nos seres vivos, que tinham de funcionar perfeitamente desde que foram criadas, ou não chegariam aos nossos dias; e 3) a informação complexa especificada no material genético, que só a inteligência pode originar.

 

PÁGINAS 37 A 39

9. a) Geologia/// b) Sedentarismo/// c) Erectus/// d) Paleolítico/// e) Bering/// f) Sambaquis.

10. SEQUÊNCIA CORRETA: D, A, C, E, B.

O QUE VOCÊ VÊ

a) Porque nessa região há centenas de sítios arqueológicos fundamentais para os estudos sobre a presença do ser humano no continente americano. Nesse parque existe a possibilidade de conhecer aspectos importantes dos antepassados dos povos indígenas brasileiros. O local deve ser preservado para que as futuras gerações possam conhecer esse rico passado humano.

b) Como exemplo de patrimônio histórico em nossa região, podemos citar o Convento da Penha, na cidade de Vila Velha, pois é uma representação da religiosidade do povo espírito-santense, sobretudo no período colonial brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *