UMA DETETIVE POLIGLOTA – AMANDA COSTA T:62

Hello! Bonjour! Hola! Oi! Enfim, meu nome é Katherine Johnson, eu sou uma detetive particular.

Apesar de ter onze anos eu já sei seis idiomas e sou a mais procurada para solucionar casos. Eu estou aqui hoje para contar alguns de meus mistérios.

O primeiro caso que solucionei foi bem estranho, admito! Era uma mulher francesa que se perdeu de seu bebê na mata e quando o encontrou ele tinha virado um macaco!

Acabei descobrindo que aquele era somente um macaco comum e que ela tinha deixado o bebê em casa. Mas até que foi engraçado (só pra mim), a mulher ficava dizendo:

– Pardon! Pardon! – isso significa “Perdão!”

O segundo caso foi o mais fácil, pois era um cozinheiro italiano que dizia ter visto seu amigo morto no chão e cheio de sangue.

– È stato terribile! – ele me dizia. Isso significa “foi terrível!”.

Quando desvendei o mistério, disse a ele que seu amigo tinha doença no pulmão e ele caiu no chão morto com o pote do catchup na mão, por isso que ele estava todo cheio de sangue, mas ninguém teve coragem de ir até lá ver se era sangue mesmo.

O meu mistério nº 619 era sobre uma menina alemã que tinha desaparecido. A avó dela gritava para mim desesperada:

– Finde es jetzt! – os alemães são estranhos… Esse negócio que ela falou significa “ache-a agora!”.

Achar pessoas não é o meu trabalho, mas eu deixaria uma avó falando sozinha? Deixaria, se eu estivesse de mau humor. E não, eu não estava de mau humor.

E lá fui eu achar a tal da Gisela Schneider! Mas sabe o que encontrei? A menina e os colegas dela no acampamento da escola. E a vó dela sabia! Que raiva que me dá…

– Entschuldigung! – dizia ela, o que significa “desculpe-me”.

Esses foram os casos mais ridículos que eu já solucionei, os outros foram bem mais sérios.

Ao todo já solucionei 705 casos em três anos. Ah, preciso ir, já acabou meu horário de almoço. Bis bald! Hasta luego! À bientôt! Até logo!

Uma ideia sobre “UMA DETETIVE POLIGLOTA – AMANDA COSTA T:62”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *