EU SOU – Mateus Andrade T: 62

Eu sou um super-herói (The Fenix), tenho o poder de alterar a realidade e probabilidade de tudo, eu acho.

Acho que nasci assim. Mais ou menos dez meses atrás meus poderes se manifestaram, eu transformei pequenas sementes e em questão de segundos elas viraram belas árvores. Achei que controlava somente as plantas, mas transformei o cajado em serpente e minhas mãos ficaram mais brancas do que já são; não, desculpe, não fui eu que fiz isso, foi um tal de Moisés.

Enfim, comecei a transformar as coisas e adquiri novos poderes, transformei terra em água, acabando com secas, dei comida para os que precisavam, entre outras coisas.

Só não me considero um Deus, pois Deus só existe um, o nosso Criador. Ele fez tudo e eu quase nada, mas quero fazer mais e mais…

Quero aprender a criar mais do que já crio, que são esses textos e poemas onde tanto me divirto!