Amigo do Lobo – 6º ano

“Para que esses olhos tão grandes? E essas orelhas enormes?” Aposto que vocês já ouviram essas perguntas antes – quem não conhece a história da Chapeuzinho Vermelho, que foi visitar a avó e encontrou um lobo mau pelo caminho? Muitas histórias infantis têm o lobo como vilão, mas a proposta hoje é outra: o lobo como amigo. Já pensou? Os lobos-guarás vivem principalmente em áreas abertas naturais do Cerrado e dos Pampas do Brasil, e em algumas regiões de países vizinhos. Seu nome científico, Chrysocyon brachyurus, nos diz um pouco sobre suas características – em grego, significa “cão dourado de cauda curta”, e combina com o animal de pelagem alaranjada e cauda pequena se comparada com o resto do corpo. Já as orelhas são longas e as pernas são bem compridas, o que faz os lobos-guarás parecerem um tanto desengonçados.  As aparências enganam, e os lobos-guarás são feras bem tranquilas. Eles não vivem em matilhas, mas sozinhos, e só se encontram com outros da mesma espécie na época da reprodução. Além disso, enquanto seus “primos” lobos-cinzentos podem caçar grandes presas, os lobos-guarás preferem comer pequenos animais como roedores, e, acredite, muitas frutas! A preferida deles é a fruta da lobeira, uma planta nativa da América do Sul. As lobeiras e os lobos-guarás participam de uma relação chamada mutualismo, onde as duas espécies se ajudam: as lobeiras fornecem frutos que são consumidos pelos lobos, e os lobos liberam em suas fezes as sementes das plantas, ajudando para que germinem novas lobeiras por onde passam.

Os lobos-guarás são animais tímidos e evitam o contato com o ser humano. Apesar de não oferecerem perigo, ainda são caçados em muitas regiões do Brasil, o que é crime. A caça e a destruição do seu habitat natural são as principais ameaças a esta bela espécie, que corre risco de extinção. (foto: Spencer Wrigth / Flickr / (a href= http://creativecommons.org/licenses/by/2.0)CC BY 2.0(/a))

Agora  analise e diga nos comentários qual é o Nicho ecológico do  lobo-guará? Vamos lá?…

Infertilidade – Não posso ser Pai, Não posso ser Mãe! – 8º ano

77383109

Muitos casais enfrentam problemas e dificuldades para ter filhos, esses problemas são causados geralmente por problemas de caráter anato fisiológico tanto em homens quanto em mulheres.  Leia o pequeno texto e responda as questões nos comentários!

Um dia  acordei com vontade de ser mãe. Lavei o rosto,  penteei  meus longos cabelos , vesti uma roupa confortável e fui tomar meu café da manhã repleto de tudo que eu mais gosto. Fiz os meus exercícios matinais, peguei o jornal na porta, fui  para o chuveiro. Após um banho longo, e restaurador, me aprontei para o trabalho. A noite após preparar um jantar apetitoso, lavei a louça e tomei um banho demorado e morno. Escovei meus  cabelos longos e sedosos, passei o perfume que ele gosta.  Me olhei no espelho e gostei do que vi. Ele está a minha espera. Não tomei o anticoncepcional como de costume, me deitei e nos  amamos como se fosse a última noite de nossas vidas. Me senti radiante e amada. Transmiti e recebi carinho e amor. Nos acarinhamos e fizemos planos para nossa vida. Eu pensei,Sim sou uma mulher completa!Alguns meses se passaram, mas tudo continuava igual.

Me levanto e pergunto a Deus porque não enche o meu ventre com um filho, meço minha temperatura basal e corro para o banheiro para ver a quantas anda o muco cervical. Penteio meus cabelos e me olho no espelho  tentando reconhecer a imagem que se apresenta em minha frente. Tomo meu café da manhã com todos os grãos indicados a fertilidade, nada de carboidrato  nesse momento, pode deixar minha vagina ácida e matar os peixinhos que fecundarão o óvulo .

Me sinto vazia, é vazia, preciso ser completa. Enquanto minha mente transita pela obsessão da maternidade, o mundo muda, a vida continua e as pessoas cada vez mais se mostram cansadas e decepcionadas com todas as mudanças que essa louca obsessão vem me causando. Enquanto tantas mães jogam seus filhos fora, doam ou abortam, eu fico aqui na esperança e na fé de que um dia sorrirei como Isabel, a prima de Maria, a mãe de Jesus.

Adaptado de Tatiana Costa do Blog Mãe a flor da pele:   http://www.maeaflordapele.com/2011/04/um-dia-acordei-com-vontade-de-ser-mae.html

1- O que é muco cervical? Em qual período do ciclo menstrual essa mulher está supondo que ela apresente o muco cervical?

2- O que a mulher quis dizer com “matar os peixinhos que fecundarão o óvulo”? Quem são esses peixinhos?

3- Cite um tipo de infertilidade masculina e feminina e a sua causa:

Cordados – Chordata: Peixes e Anfíbios – 7º ano

Os peixes fazem parte dos primeiros cordados(animais que durante o desenvolvimento embrionário apresentam notocorda.A notocorda é a primeira estrutura de sustentação do corpo e em alguns grupos ela origina a coluna vertebral. Além das vértebras,os peixes também possuem o crânio que contém o encéfalo,o cérebro e outras estruturas do sistema nervoso.O esqueleto dos vertebrados é um esqueleto vivo (formado por células vivas e por uma  matriz inorgânica de suporte).
A palavra “Anfíbio” significa “vida dupla”. Os anfíbios tentaram conquistar o meio terrestre,que não foi possível,pois sua reprodução depende da água.Os anfíbios vivem em dois habitats diferentes.Os representantes dos anfíbios são:os sapos,as rãs ou jias,as pererecas,as salamandras e etc.
Pesquise e responda nos comentários as seguintes perguntas:
1- Quais as características que classificam peixes e anfíbios do grupo dos cordados?
2- Quais as características que separam os peixes dos anfíbios em classes diferentes dentro do grupo dos Cordados?

Radiação – O homem manipulando a destruição – 9º ano

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

A ROSA DE HIROXIMA-Vinicius de Moraes- Rio de Janeiro , 1954

Pensem nas crianças
Mudas telepáticas
Pensem nas meninas
Cegas inexatas
Pensem nas mulheres
Rotas alteradas
Pensem nas feridas
Como rosas cálidas
Mas oh não se esqueçam
Da rosa da rosa
Da rosa de Hiroxima
A rosa hereditária
A rosa radioativa
Estúpida e inválida
A rosa com cirrose
A antirrosa atômica
Sem cor sem perfume
Sem rosa sem nada.
Após ler o poema acima, assista ao vídeo e responda a questão nos comentários: O que você acha da utilização da Radioatividade nas atividades humanas? O que você achou da aplicação dos conhecimentos sobre a radioatividade na fabricação de bombas atômicas na década de 50?