A fé de Darwin – 9º ano

A teoria da evolução completou 150 anos em 2009. Desde então, ela tem se movido entre a entusiasmada aceitação e a apaixonada condenação.  Seu autor, Charles Robert Darwin, nasceu há 200 anos, em 12 de fevereiro de 1809. Sua teoria sobre a origem das espécies representava uma ruptura com tudo o que se sabia até então. Por isso mesmo, Darwin temia ser chamado de herege e levou 20 anos para publicá-la. E seu temor não era infundado. Ele fora estudante de teologia antes de apaixonar-se pelas ciências naturais e deixou de lado a ideia de ser pastor para abraçar a ciência. Até hoje sua teoria é encarada como a mais plausível e nenhum pesquisador ousou contestá-la de modo consistente.

Origem – Segundo a pesquisa de Darwin, todos os seres vivos se modificam ao longo de milhões de anos, desenvolvendo e adaptando-se ao meio em que vivem ou extinguindo-se. Segundo muitos, é um universo no qual não cabe a ideia do Deus criador.

 Bomba – Darwin fica confuso: Se todas as espécies criadas por Deus são imutáveis, por que os tentilhões que ele estava analisando se diferenciavam tanto no formato dos bicos? Eles teriam se adaptado ao alimento disponível em cada ilha? Como podia que os tentilhões comedores de sementes tinham bicos curtos e fortes e os comedores de insetos os tinham longos, para arrancá-los das tocas? Darwin não podia acreditar que Deus criou um tipo de tentilhão para cada ilha. Eles tinham que ter a mesma origem. Assim, nascia a teoria da evolução das espécies.

 Herege? – Ainda hoje sua teoria é vista por muitos como avançada demais para ser aceita. Entretanto, sua pesquisa não contradiz a Bíblia ou confronta a ideia de Deus criador (Nunca foi esse o seu objetivo). Antes, enriquece-a e a complementa. O papel da teologia é fundamentar a confissão de que Deus criou todas as coisas e não se ocupa da descrição de como isso aconteceu. Por isso, é possível ver na teoria da evolução das espécies a presença permanente do ato criador de Deus ao longo de milhões de anos.

CLOVIS HORST LINDNER

Disponivel em:  http://www.jornalocaminho.com.br/noticia.php?edicaoId=63&cadernoId=15&noticiaId=3095

Diante do pequeno texto, pesquise e responda: Como eram tratados pela Igreja todos os cientistas  que questionavam as ideias bíblicas? Porque Darwin demorou tanto tempo para publicar seu livro? O que é um Herege?

3 comentários sobre “A fé de Darwin – 9º ano

  1. 1 Na Idade Média, muitos cientistas foram perseguidos, censurados e até condenados por defenderem ideias contrárias à doutrina cristã. 2 Mesmo assim, Por causa da religião contribuiu para essa demora. Naquela época, ela ainda exercia bastante influência sobre a ciência. E muitos cientistas aceitavam a palavra da Bíblia literalmente. Ou seja, acreditavam que o mundo e as espécies vivas eram imutáveis e tinham sido criadas por Deus cerca de 6 mil anos atrás. 3 O que é HEREGE = Que professa uma heresia ou pratica doutrinas contrárias aos dogmas concebidos pela igreja.

  2. Herege é o nome dado ao indivíduo que professa uma heresia, ou seja, que questiona certas crenças estabelecidas por uma determinada religião.

    Darwin demorou mais de 20 anos para concluir as pesquisas e só publicou o livro “A Origem das Espécies”, em 1859, por se sentir ameaçado por Alfred Wallace. “Wallace era um naturalista que também observou a variabilidade na natureza e percebeu que organismos tinham que de alguma forma competir e ter uma reprodução diferenciada. Para honrar as duas pessoas que chegaram a mesma conclusão ao mesmo tempo a teoria também é chamada de Darwin-Wallace. Na época, o próprio Wallace declarou que a pesquisa de Darwin possuía mais embasamento”, conta Iamarino.

    Tem muita coisa escondida nas afirmações consideradas hereges da igreja catolica para com os cientistas. Mas pensa comigo. A igreja catolica dominava toda a ideologia da epoca, quando uma pessoa utilizava a razão para responder uma questão sobre o universo, logo era considerada bruxo, herege, porque creio eu que a igreja catolica tinha medo que interferissem no seu dominio, que era detido através dos dogmas.
    A Igreja utilizava o teocentrismo(Deus acima de tudo) para não haver questionamentos, foi assim que ela enriqueceu como vendendo indulgências
    Foi por causa dessas ações que ocorreu o iluminismo e consequentemente a reforma protestante

  3. Parabéns meninos… gostei muito do comentário de vocês, realmente foi tudo isso que aconteceu com muitos cientistas, nessa época as pessoas eram proibidas de pensar!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.